Lei da Harmonia

Muitos fatos importantes estão acontecendo em todo mundo, chamando atenção dos espíritos encarnados e desencarnados para uma razão pacífica a ser desenvolvida no seio de cada um dos seus habitantes na harmonia das palavras do nosso amado Mestre Jesus, “Amai-vos uns aos outros como vos amei”, uma lei harmoniosa que clareia o espírito, conquistando uma luz muito intensa a influenciar os seus semelhantes à reflexão de um mundo melhor.
Nunca vamos esquecer que somos mentes eternas e temos um longo caminho pela frente para alcançarmos a compreensão sobre a própria vida em que estamos vivendo.
Quantos conflitos com a razão de viver, de entender o nosso companheiro e de educar nossos filhos com os próprios ensinamentos, desenvolvidos pelas escolas materiais e suas faculdades. Depois de formados enfrentamos mais desafios no relacionamento com o nosso semelhante, não encontrando um ambiente harmônico e sim, um ambiente tumultuado pela competição em querer sempre estar acima dos nossos próprios limites, envolvendo, muitas vezes, nossos caprichos pessoais e não respeitando o nosso semelhante em suas limitações.

Chegando em nosso lares trazemos problemas criados pela nossa empresa, em sempre ganhar cada vez mais sem respeitar os limites de seus próprios concorrentes. É uma batalha constante como numa guerra que vence o mais equipado e o mais feroz sobre seus irmãos mais fracos.
Dentro deste ponto de vista, nunca estamos totalmente satisfeitos com a vida e com o relacionamento com as pessoas.
Quantas vezes vocês pararam para pensar:
“Quem sou eu e por que vivo em conflito comigo mesmo a vida toda? Estou sempre com um vazio em meu coração, sempre com uma incerteza do amanhã, já levanto com pressa, não paro para nada, nem para pensar em mim mesmo, e todo o tempo busco algo para preencher este vazio por algo mais vazio ainda. Poucas vezes consegui rezar com fé e o coração aberto para Deus, nosso Pai, pedindo o conhecimento, a força para poder me ajudar e se possível ao próximo, somente lembrei de pedir bens terrenos, de medo que falte o que comer. Fechei-me no meu próprio mundo e hoje ainda continuo sem uma definição para com a vida, está me faltando a força espiritual, desenvolvida pela leitura, o estudo e a meditação.”
A vida material segue o seu curso, independente do nosso modo de ser e agir. Vamos nos harmonizar com a natureza e compreendê-la de uma forma simples.
Nós que nos achamos tão superiores, observemos os nossos irmãos menores e o que eles nos exigem para viver? Praticamente nada e ainda nos dão o seu afeto e carinho sem pedir nada em troca.
Assim é, queridos irmãos, Deus, nosso Pai, nos dando tudo que necessitamos em sua casa para aprendermos, e nós a destruímos cada vez mais.
Estamos vivendo tempos difíceis pela nossa própria imprudência de épocas após épocas. O nosso querido Deus nos envia irmãos mais conscientes e Mestres da humanidade, trazendo ensinamentos para seus filhos, porém poucos se dão conta de seguir os exemplos.
Busquem dentro de vós ou da sua própria consciência a razão da vida e não vivam como uma criança no mundo da fantasia ou como um adulto no mundo da ilusão. Busquem a paz de espírito que está dentro de si, conversem com a sua própria consciência ou consigo mesmo e encontrarás o caminho.
Busquem a oração com Deus, os ensinamentos do Mestre Jesus e vivencie no seu dia-a-dia. Faça suas obrigações diárias e busque o melhor para si mesmo, sem se preocupar em destacar entre as demais pessoas.
Se algo bom foi feito vós colhereis rosas perfumadas. Se algo ruim foi feito vós colhereis espinhos para andar sobre eles.
Deus nos dá o livre arbítrio para podermos viver em suas leis harmônicas, mas se desarmonizarmos, teremos que retornar para harmonizar em todos os sentidos da vida física ou espiritual.

Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *