A Terra e sua Renovação

O planeta está sofrendo mais uma transformação em sua estrutura física e espiritual, pois é um ser vivo a navegar com sua coletividade em conjunto com a evolução.
O ser humano sempre mediante algum contratempo, dentro do seu ponto de vista, faz as contas dos prejuízos causados pelos efeitos geológicos ou climáticos do planeta. O homem ainda não compreendeu que deve ter o dever de respeitar a natureza e não denegri-la da forma de um animal feroz a devorar tudo que vê pela frente.
No sentido mental, a atmosfera planetária se encontra saturada pelos pensamentos dos habitantes, poluindo a cada segundo essa energia, criada pelo pensamento descontrolado do sistema de equilíbrio, tanto fisicamente como espiritualmente.

Constantemente, é feita uma descarga de limpeza pelos trovões e chuvas, trazendo para o solo planetário os vírus e germes, criados pelos bilhões de espíritos.
Há cinqüenta anos, houve uma grande modificação no contexto da sociedade de evolução tecnológica e científica para melhorar a vida de seus habitantes. O homem está em constantes conflitos armados contra si, pois perante Deus somos todos irmãos.
Vocês já imaginaram, quantas pessoas desencarnam no mundo a cada minuto, derivado da violência e assassinatos por questões pessoais e ideológicas que no fundo não vão resolver nenhum problema do povo, sendo somente uma disputa de poder e autoritarismo sobre os demais?
Com isso, o planeta sofre os prejuízos, mas o homem busca justificativas para suas atitudes de total desequilíbrio. Ele não preserva o ar e as águas, contaminando-os com seus próprios detritos e com os resíduos industriais sob a justificativa do progresso, destrói as árvores para obter lucros e enriquecimento, obstruindo a camada de proteção solar do planeta e muitas outras coisas com experiências nucleares.
No fundo quem está errado, o planeta, criado por Deus, ou a ilusão do ser humano de usar sem conservar? Deus errou na sua criação ou o homem se tornou perfeito demais a exigir que faça suas vontades imediatamente, como se o Criador tivesse obrigação de atendê-lo?
O homem encontra-se em uma fase de começar a discernir o que é certo ou errado pelo caminho da razão e tirar do pensamento os bens materiais. Mas, ele ainda, está longe dos bens do espírito, porém, é tempo de se dar o primeiro passo dentro dos ensinamentos do Mestre Jesus Cristo, vivenciá-los e não esperar que o Mestre resolva para você.

Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *