Morte e Vida

O espírito ao desencarnar ou morrer, o seu corpo segue para ser velado pelos seus familiares. Se o espírito tem consciência da espiritualidade, passou a vida buscando se conhecer e viveu os conceitos do Mestre Jesus Cristo, é uma forma de não ficar preso no cadáver para a drenagem energética. Mas se o espírito somente viveu para o físico e não buscou um entendimento de si mesmo, que é eterno, poderá acompanhar o velório e algumas vezes, descer a cova junto com seu corpo. Nesse processo, o espírito poderá estar ouvindo o que as pessoas falam e pensam sobre ele e dizer para si mesmo que está vivo, então começa o primeiro choque da realidade espiritual que terá de enfrentar.

Muitas pessoas encarnadas não têm certeza em sua mente que é um espírito eterno, mas por intuição e sendo centelha Divina, diz ao morto: “Que Deus o tenha em bom lugar”. Não acreditando na sobrevivência do espírito, por que motivo pede para este espírito ficar em bom lugar?
Algo dentro dela está provando que o espírito sobrevive a morte sem que a pessoa se de conta do que falou. Tem outra frase que diz: “Que Deus o ajude”, mas ajudar quem, se ele já morreu?
Passando o enterro, as pessoas encarnadas, não querem nem ouvir falar do espírito do morto, tem um pavor de se assustar. Mas por que se assustar se não acredita na sobrevivência do espírito?
A pessoa vive pedindo a Deus tudo que ela imagina de útil e agradável no momento de sua vida, mas se morreu e acabou para que pedir?
O ser humano sonha em ficar ao lado de Deus, mas nunca procurou conhecê-lo. Falam pelas suas próprias bocas e palavras de eternidade para logo em seguida negar a si mesmos por motivos pessoais e interesses materiais.
Se dizemos para qualquer pessoa por algum motivo a frase popular: “Vá para o inferno”, ela na hora diz: “Deus me livre”, então é uma prova que o espírito é eterno.
Esses fatos dizem por si só e a eternidade que é a mente, espírito ou alma, deverá seguir no curso de sua eternidade. Busquem aprender, conhecer a si mesmos e suas próprias realidades eternas.

Leia Mais

2 thoughts to “Morte e Vida”

  1. MANOELA THAIS GOMES na questão financeira você deve fazer um balanço do que você ganha e não gastar antecipadamente, estas dificuldades que você esta passando é uma forma de você se amadurecer com a vida para atingir seus objetivos e constituir uma família, hoje em dia é muito difícil encontrar um companheiro disposto a assumir um lar com suas despesas e responsabilidade, para encontrar um namorado é facil mas na hora de assumir um compromisso sério é raro,você tem que buscar desenvolver sua auto confiança, ter fé em DEUS e em você mesma, os fatos passados servem de experiências para o futuro, não é mudando de cidade que você resolvera o seu destino.

  2. Boa tarde, sou a manoela prima da Daiane pepinelli e ela falou de vc pra mim e eu queria uma ajuda porque eu estou passando por uma situação muito dificil tanto finaceira como amorosa, na parte amorosa eu tinha um namorado na minha adolecencia o primeiro e ele foi assacinado em 1999 e depois disso eu nunca mais consegui ter um namorado serio, sei que tbm nao sou de sair eu só trabalho nao tenho diversao, nos fins de semana q deveria sair, nao saio pq eu afastei de todos meus amigos, nao sou mais feliz nao sei pq entrei nessa eu ajudo muito meus pais mas nunca da pra nada o dinheiro parece que nao rende ja nao sei mais oq fazer peço pra q vc me ajude, e pra ver oq eu preciso fazer pra resolver td isso as vezes eu tenho vontade de ir pra outra cidade pra ver se eu arrumo mais amigos e uma bom rapaz pra que eu forme uma familia ,obrigado espero noticias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *